5ª Semana da Quaresma – Quinta-feira (22/ 03)

No evangelho de hoje, disse Jesus aos judeus: “Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte”. Disseram então os judeus: “Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: ‘Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte’. Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu como também os profetas? Quem pretendes ser?” Jesus respondeu: “Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus. No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra. Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se”. Os judeus disseram-lhe então: “Nem sequer cinquenta anos tens, e viste Abraão!” Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou”. Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo. Em várias passagens Beata Catarina Troiani acompanhou através da leitura da palavra as dúvidas e incertezas do povo, que mesmo vendo os milagres feitos pelo Cristo e ouvindo as palavras de sua própria boca, eles assim mesmo não acreditavam e continuavam a viver no pecado. Ela não viu e feliz aquele que não viu e acreditou por isso mesmo em sua missão ela foi premiada com o sucesso por causa de seu imenso amor por Deus e sua fé inabalável no Cristo nu crucificado.

Madre Catarina Troiani