“As horas mais belas da vida são as que se passam aos pés do santo Tabernáculo”

“As horas mais belas da vida são as que se passam aos pés do santo Tabernáculo”

No evangelho de hoje Jesus convocou os Doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios e para curar doenças, enviou-os a proclamar o Reino de Deus e a curar os enfermos.
E disse-lhes: ‘Não leveis nada para o caminho: nem cajado, nem sacola, nem pão, nem dinheiro, nem mesmo duas túnicas. Em qualquer casa onde entrardes, ficai aí; e daí é que partireis de novo. Todos aqueles que não vos acolherem, ao sairdes daquela cidade, sacudi a poeira dos vossos pés, como protesto contra eles.’ Os discípulos partiram e percorriam os povoados, anunciando a Boa Nova e fazendo curas em todos os lugares. Beata Catarina Troiani confiava plenamente no amor de Deus e reconhecia sua face nas crianças que sofriam pelo abandono, pela escravidão e pela discriminação. Ela sempre foi bem acolhida por todos e por isso mesmo quando ela se foi após terminar seu tempo terreno ela foi aclamada pelos mulçumanos como a “ mamma bianca” ou seja a “Mãe Branca” de todos que tanto sofriam na época.