“Eis, ó Senhor, o que me parece vos dar prazer, e estou pronta a fazer tudo o que quiserdes”

No Evangelho de hoje Jesus saiu e foi para a região de Tiro e Sidônia. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse onde ele estava. Mas não conseguiu ficar escondido.  Uma mulher, que tinha uma filha com um espírito impuro, ouviu falar de Jesus. Foi até ele e caiu a seus pés.  A mulher era pagã, nascida na Fenícia da Síria. Ela suplicou a Jesus que expulsasse de sua filha o demônio.  Jesus disse: “Deixa primeiro que os filhos fiquem saciados, porque não está certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos”.  A mulher respondeu: “É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair”.  Então Jesus disse: “Por causa do que acabas de dizer, podes voltar para casa. O demônio já saiu de tua filha”. Ela voltou para casa e encontrou sua filha deitada na cama, pois o demônio já havia saído dela. Beata Catarina Troiani nunca quis o melhor ou tudo providenciado, ela procurava a cada dia conseguir o sustento e o dinheiro necessário para salvar as crianças escravas e principalmente doentes e sabia que Deus estaria sempre acolhendo e fazendo o melhor em todos os momentos e sua fé era contínua e eterna.

Madre Catarina Troiani