“Habituar-me-ei a oferecer cada uma das minhas pequenas ações ao Senhor antes mesmo de começa-las”

No Evangelho de hoje, Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando.  Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. Os anjos perguntaram: ‘Mulher, por que choras?’ Ela respondeu: ‘Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram’. Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. Jesus perguntou-lhe: ‘Mulher, por que choras? A quem procuras?’ Pensando que era o jardineiro, Maria disse: ‘Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar’. Então Jesus disse: ‘Maria!’  Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: ‘Rabuni’ (que quer dizer: Mestre).  Jesus disse: ‘Não me segures.  Ainda não subi para junto do Pai.  Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai,  meu Deus e vosso Deus’. Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: ‘Eu vi o Senhor!’,  e contou o que Jesus lhe tinha dito.

Madre Catarina Troiani