“Não se deixa guiar pelo instinto, mas pelas boas inspirações e, sobretudo, pelo amor a Jesus, o seu maior amigo e confidente.”

“Não se deixa guiar pelo instinto, mas pelas boas inspirações e, sobretudo, pelo amor a Jesus, o seu maior amigo e confidente.”

No Evangelho de hoje, Jesus se aproximava de Jericó, um cego estava sentado à beira do caminho, pedindo esmolas. Ouvindo a multidão passar, ele perguntou o que estava acontecendo. Disseram-lhe que Jesus Nazareno estava passando por ali. Então o cego gritou: ‘Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!’ As pessoas que iam na frente mandavam que ele ficasse calado. Mas ele gritava mais ainda: ‘Filho de Davi, tem piedade de mim!’ Jesus parou e mandou que levassem o cego até ele. Quando o cego chegou perto, Jesus perguntou: ‘O que queres que eu faça por ti?’ O cego respondeu: ‘Senhor, eu quero enxergar de novo.’ Jesus disse: ‘Enxerga, pois, de novo. A tua fé te salvou.’ No mesmo instante, o cego começou a ver de novo e seguia Jesus, glorificando a Deus. Vendo isso, todo o povo deu louvores a Deus. E com conhecimento de toda vida de Cristo, Beata Catarina Troiani seguia os exemplos de acolhimento e amor que Jesus ensinava a todos. E ela sabia que somente a fé poderia salvar e por isso mesmo ela queria plantar a sementinha do amor e da fé para aquelas crianças tão sofridas e carentes de bondade e de crença no amor. Afinal era tanto sofrimento que elas não tinham como acreditar em algo bom simplesmente por palavras e com isso aparecia a Beata com gestos e ações que faziam a diferença na vida daquelas pequeninas.

Madre Catarina Troiani