Jesus te ama e te chama, não temas!

Woman-PrayingComo pode, São Francisco de Assis, Santa Clara de Assis e M. Catarina Troiani, renunciar a tudo por amor a Cristo?

Parece uma pergunta difícil, mas hoje entendo o que o amor é capaz de fazer, não há como negar o chamado de Deus, digo isso porque antes de sermos concebidos, Deus já tem planos para cada um de nós.

Apesar de ser jovem já enfrentei muitos obstáculos e cheguei ao ponto de querer desistir, mas superei todas dificuldades porque Jesus sempre esteve comigo, Ele é a base de tudo, é Ele quem me sustenta e dá forças.

Venho de uma Família humilde, sendo meus pais, 5 irmãs, 2 irmãos e eu a mais nova. E eu fui a única que nasceu através de cesárea, a minha mãe estava muito nervosa e com muito medo, então o médico disse que se ela não se acalmasse perderia a vida e a criança, que até então ela não sabia qual era o sexo. Minha mãe sempre foi uma pessoa de uma Fé grandiosa, vendo o risco que corríamos, suplicou à Deus para que Ele ficasse no comando, e fez uma promessa, terminado a cirurgia e tudo correu muito bem, mãe e filha vivas e com saúde.

Desde pequena sempre gostei de ir à catequese, missa, poderia estar doente e mesmo assim nunca faltava, eu cresci tentando entender o porque eu sentia tanta necessidade de estar na presença de Cristo, e nunca obtive resposta.

Sempre servi a Igreja desde pequena, e a algum tempo eu senti um chamado a Vida Religiosa, com a ajuda do Padre da Paróquia da cidade onde moro, comecei a ser acompanhada pelas Irmãs Franciscanas, elas me ajudaram muito na minha decisão.

Depois de ter decidido me consagrar à Deus chegou o momento da visita oficial da Irmã que me acompanha aos meus pais, pois no ano seguinte eu já iria para o convento. E na minha casa a irmã conversando com meus pais sobre a minha decisão, esclarecendo dúvidas e tudo mais, foi nessa hora que a minha mãe revelou a sua promessa, um segredo que guardou por 19 anos, ela disse no dia da cirurgia corríamos risco de vida, e ela estava com muito medo, então ela pediu para Deus tomar conta, e se desse tudo certo ela entregaria a criança nas mãos de Jesus, se fosse menino seria Padre, e se fosse menina seria Freira.

Quando ouvi isso tentei me manter firme, mas por de dentro estava em prantos, pois eu tive a resposta para todas minhas dúvidas, eu vi o quanto Deus agiu em minha vida, Ele ouviu as súplicas da minha mãe, isso só me deu mais força e coragem para assumir minha vocação.

Eu amo minha família, minha casa e amigos, porém, o Senhor me chama e tem uma missão, e sei que em algum lugar o mundo alguém precisa mais de mim do que minha família, pois o dia que eu partir Jesus entrará, fará morada, e cuidará das pessoas que amo.

Deus tem uma missão especial a cada um, não precisa ter medo, pois Ele estenderá a mão e te conduzirá, é só confiar abrir o coração e estar disposto a segui-lo, pois “Nada Grandioso acontece, se você se fecha”, hoje posso afirmar que encontrei a felicidade, assim como São Francisco, Santa Clara, M. Catarina Troiani e eu também renunciarei a mim mesma, e seguirei a Jesus.

Elisângela Sinforosa dos Reis