“Não tenho palavras para exprimir tudo que sois para mim, Ó meu Jesus.”

“Não tenho palavras para exprimir tudo que sois para mim, Ó meu Jesus.”

No Evangelho de hoje, quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. Conforme está escrito na Lei do Senhor: ‘Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor.’ Foram também oferecer o sacrifício – um par de rolas ou dois pombinhos – como está ordenado na Lei do Senhor. Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: ‘Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; porque meus olhos viram a tua salvação, que preparaste diante de todos os povos: luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel.’ O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: ‘Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma.’ Olhando essa palavra de Hoje Beata Catarina Troiani parecia sentir que o mal só é permitido de acontecer para que a Glória de Nosso Senhor Cristo Jesus possa aparecer. E com seu espírito repleto da Graça contínua efetuada através da comunhão diária ela sabia que veria muitos lamentos de criança e que veria os poderosos gananciosos tentando impedir sua caminhada de dar certo, mas que Deus estaria sempre no comando de sua vida e lhe proporcionando forças para conseguir alcançar seus objetivos. E assim ela caminhou durante toda sua vida.

Madre Catarina Troiani