“Nas contrariedades, silêncio, paciência, oração”

“Nas contrariedades, silêncio, paciência, oração”

No evangelho de hoje aconteceu que, Jesus estava rezando num lugar retirado, e os discípulos estavam com ele. Então Jesus perguntou-lhes: ‘Quem diz o povo que eu sou?’ Eles responderam: ‘Uns dizem que és João Batista; outros, que és Elias; mas outros acham que és algum dos antigos profetas que ressuscitou.’ Mas Jesus perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’ Pedro respondeu: ‘O Cristo de Deus.’ Mas Jesus proibiu-lhes severamente que contassem isso a alguém. E acrescentou: ‘O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei,  deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia.’ Beata Catarina Troiani orava e comungava diariamente, pois ela reconhecia o valor da comunhão para fortalecimento da alma e a oração para manter firme sua fé e confortar seu coração enquanto ela ainda não podia sair em missão e mostrar a todos o Cristo que vive e reina dentro de todo universo.