“…O Esposo crucificado quer a esposa crucificada; portanto, quanto mais se encontram sofrimentos e contradições, mais se deve munir de ânimo e coragem”

“…O Esposo crucificado quer a esposa crucificada; portanto, quanto mais se encontram sofrimentos e contradições, mais se deve munir de ânimo e coragem”

No evangelho de hoje O Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos  e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. E dizia-lhes: ‘A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’ Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos,
comei do que vos servirem, curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: ‘O Reino de Deus está próximo de vós.’ Mas, quando entrardes numa cidade e não fordes bem recebidos, saindo pelas ruas, dizei: Até a poeira de vossa cidade, que se apegou aos nossos pés, sacudimos contra vós. No entanto, sabei que o Reino de Deus está próximo! Eu vos digo que, naquele dia, Sodoma será tratada com menos rigor do que essa cidade. Beata Catarina Troiani também foi enviada por Deus em missão para salvar as almas das crianças abandonadas, excluídas e escravizadas daquele tempo… ela precisava mostrar a todas elas o que era o amor de Deus e o amor ao próximo, pois vivendo tão judiadas elas não poderiam entender o significado dessa palavra tão bela e significativa e coube a nossa Beata dar o amor verdadeiro para todas elas e batizá-las para que pudessem estar em Cristo.