“Tenhamos paciência em todos os momentos, e chegaremos a realizar bem a santíssima Vontade de Deus”

 

4ª Semana da Quaresma – Quinta-feira (15/03)

No evangelho de hoje, disse Jesus aos judeus: “Se eu der testemunho de mim mesmo, meu testemunho não vale. Mas há um outro que dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro. Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. Eu, porém, não dependo do testemunho de um ser humano. Mas falo assim para a vossa salvação. João era uma lâmpada que estava acesa e a brilhar, e vós com prazer vos alegrastes por um tempo com sua luz. Mas eu tenho um testemunho maior que o de João; as obras que o Pai me concedeu realizar. As obras que eu faço dão testemunho de mim, mostrando que o Pai me enviou. E também o Pai que me enviou dá testemunho a meu favor. Vós nunca ouvistes sua voz, nem vistes sua face, e sua palavra não encontrou morada em vós, pois não acreditais naquele que ele enviou. Vós examinais as Escrituras, pensando que nelas possuís a vida eterna. No entanto, as Escrituras dão testemunho de mim, mas não quereis vir a mim para ter a vida eterna! Eu não recebo a glória que vem dos homens. Mas eu sei que não tendes em vós o amor de Deus. Eu vim em nome do meu Pai, e vós não me recebeis. Mas, se um outro viesse em seu próprio nome, a este vós o receberíeis. Como podereis acreditar, vós que recebeis glória uns dos outros e não buscais a glória que vem do único Deus? Para Beata Catarina Troiani o acreditar nascia no coração e se expandia para a alma, em momento algum ela deixou de ter fé nos ensinamentos e nas palavras de Cristo e era exatamente aí que se instalava a força de sua missão: Entregar tudo nas mãos do Senhor e trabalhar para que sua messe fosse cada dia maior. E dar testemunho de que o Senhor nunca abandona quem Dele necessita e que Ele capacita a todos que querem se dedicar inteiramente a missão de servir.

Madre Catarina Troiani