“Tenho sempre feito o possível para não recusar nenhuma orfãzinha, a fim de que estas crianças se achem afastadas dos escândalos deste século corrompido e conservem a sua inocência”

2ª-FEIRA DA 8ª SEMANA – TEMPO COMUM 28/05

 No evangelho de hoje quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo, ajoelhou-se diante dele, e perguntou: ‘Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?’ Jesus disse:’Por que me chamas de bom?’ Só Deus é bom, e mais ninguém. Tu conheces os mandamentos: não matarás; não cometerás adultério; não roubarás; não levantarás falso testemunho; não prejudicarás ninguém; honra teu pai e tua mãe!’ Ele respondeu:’Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude.’ Jesus olhou para ele com amor, e disse: ‘Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois vem e segue-me!’ Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos: ‘Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!’ Os discípulos se admiravam com estas palavras, mas ele disse de novo: ‘Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!’ Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso, e perguntavam uns aos outros: ‘Então, quem pode ser salvo?’ Jesus olhou para eles e disse: ‘Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus tudo é possível.’ Beata Catarina Troiani sempre foi muito rica em obras e ações para Deus e quando se tratava de vida se fazia a mais pobre e humilde perante os irmãos e sempre tratava a todos com o mesmo amor sem nunca fazer distinção de ninguém e por isso mesmo era aclamada como pessoa do bem e de Deus por todos que a conheciam e viam sua dedicação à missão de salvar as crianças da dor e da falta de esperança na humanidade. Ela realmente apresentava o amor à todos pequeninos. E se fazia sempre serva humilde e dedicada às causas de Deus.

Madre Catarina Troiani