“Dar bom exemplo é necessário a quem tem autoridade, porque quem deve obedecer se sente tanto impelido a fazê-lo, quanto mais o vê praticar aquele que lhe ordena”

“Dar bom exemplo é necessário a quem tem autoridade, porque quem deve obedecer se sente tanto impelido a fazê-lo, quanto mais o vê praticar aquele que lhe ordena”

Evangelho – Jo 5,31-47

Disse Jesus aos judeus: Se eu der testemunho de mim mesmo, meu testemunho não vale. Mas há um outro que dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro.
Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. Eu, porém, não dependo do testemunho de um ser humano. Mas falo assim para a vossa salvação. João era uma lâmpada que estava acesa e a brilhar, e vós com prazer vos alegrastes por um tempo com a sua luz. Mas eu tenho um testemunho maior que o de João; as obras que o Pai me concedeu realizar. As obras que eu faço dão testemunho de mim, mostrando que o Pai me enviou. E também o Pai que me enviou dá testemunho a meu favor. Vós nunca ouvistes sua voz, nem vistes sua face, e sua palavra não encontrou morada em vós, pois não acreditais naquele que ele enviou. Vós examineis as Escrituras, pensando que nelas possuís a vida eterna. No entanto, as Escrituras dão testemunho de mim, mas não quereis vir a mim para ter a vida eterna! Eu não recebo a glória que vem dos homens.
Mas eu sei: que não tendes em vós o amor de Deus. Eu vim em nome do meu Pai, e vós não me recebeis. Mas, se um outro viesse em seu próprio nome, a este vós o receberíeis. Como podereis acreditar, vós que recebeis glória uns dos outros e não buscais a glória que vem do único Deus? Não penseis que eu vos acusarei diante do Pai. Há alguém que vos acusa: Moisés, no qual colocais a vossa esperança. Se acreditásseis em Moisés, também acreditaríeis em mim, pois foi a respeito de mim que ele escreveu.
Mas se não acreditais nos seus escritos, como acreditareis então nas minhas palavras?’ Em várias passagens Beata Catarina Troiani acompanhou através da leitura da palavra as dúvidas e incertezas do povo, que mesmo vendo os milagres feitos pelo Cristo e ouvindo as palavras de sua própria boca, eles assim mesmo não acreditavam e continuavam a viver no pecado. Ela sempre acreditou  e feliz aquele que não viu e acreditou por isso mesmo em sua missão ela foi premiada com o sucesso por causa de seu imenso amor por Deus e sua fé inabalável no Cristo nu crucificado.