Dia 02 – Sexto dia da novena

Não se trata apenas de pandemia: trata-se de colocar os últimos em primeiro lugar «…aquele que dentre vós quiser ser grande, seja o vosso servidor, e aquele que quiser ser o primeiro dentre vós, seja o servo de todos» (Mc 10,43-44). 

COMENT.: A chamada do Mestre exige não cair na armadilha da lógica do mundo: eu em primeiro lugar e depois os outros! O primeiro no Reino dos céus, é aquele que se faz servo e escravo de todos. Ter um espírito que favorece os últimos exige ter os mesmos sentimentos de Jesus Cristo, como foi para nossa Madre Catarina, uma mulher de misericórdia, uma mulher samaritana entre os excluídos, serva entre os últimos. Um espírito egoísta e centralizador torna todos os terrenos estéreis; um espírito descentralizado e altruísta torna toda terra fértil, onde a indiferença não pode existir.

LEIT: DA POSITIO 1962 – TESTEMUNHO DE IR. VALERIANA MARONATTI

Era muito humilde; queria sempre fazer as coisas mais repugnantes; e amava sempre os últimos lugares. Alegremente lavava os meninos que fediam. Amava muito o próximo e não se impressionava com as qualidades externas, pelo contrário, preferia os menos qualificados. 

Fazia vestidos com as coisas que recebia, para os pobres de dentro e aqueles de fora. Sei que ela rezava muito, e obtinha tudo, mesmo grandes graças com a oração.  A sua mente estava sempre unida ao Senhor, mesmo fora da Igreja.

Todas: Onde o Amor e a Caridade, Deus aí está. (cantado)

X