“É necessário em tudo e em todas as coisas adorar os justos desígnios de Deus e resignar-se à sua santíssima Vontade, embora, isto contrarie a natureza humana”.

“É necessário em tudo e em todas as coisas adorar os justos desígnios de Deus e resignar-se à sua santíssima Vontade, embora, isto contrarie a natureza humana”.

No evangelho de hoje o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. E dizia-lhes: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: `A paz esteja nesta casa!’ Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: `O Reino de Deus está próximo de vós'”. Beata Catarina Troiani sabia que a messe do Senhor era grande e que precisava espalhar sua missão humanitária para outros lugares, pois em quase todos eles havia crianças sofrendo maus tratos e sendo abandonadas à própria sorte e por isso mesmo ela criou em vários lugares institutos que tinham a mesma finalidade de salvar almas para Deus e mostrar o grande amor que Deus tem por suas crianças.