Fazer a caminhada significa experimentar as alegrias de uma conquista que permanecerá para sempre

Fazer a caminhada significa experimentar as alegrias de uma conquista que permanecerá para sempre

Ao ouvir isto, disse-lhe um dos convivas: Feliz daquele que participar do banquete do Reino de Deus!’ Jesus disse-lhe: “Um homem preparou um grande banquete para o qual convidou muita gente. Na hora marcada, enviou seu servo para dizer aos convidados: ‘Vinde, já está pronto!’ Mas todos, um após outro, começaram a se desculpar. O primeiro disse: ‘Comprei um terreno e preciso ir vê-lo; peço que me desculpes’. Outro disse: ‘Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; peço que me desculpes’. Um outro disse: ‘Eu me casei e por isso não posso ir’. Voltando, o servo relatou isto ao patrão. Indignado, o dono da casa disse então a seu servo: ‘Sai depressa às praças e ruas da cidade e traze aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos’. ’Senhor – disse-lhe o servo – tua ordem foi executada e ainda há lugar’. Então disse o patrão ao servo: ‘Sai pelos caminhos e atalhos e força-os a entrar, a fim de que se encha minha casa. Porque, eu vos declaro, nenhum dos que foram convidados provará de meu banquete’”. A fé da Beata Catarina sempre foi firme e ela se manteve fiel aos propósitos que Deus tinha para sua vida. Sempre submissa aos desejos de seu coração, pois ela sabia que se o desejo brotasse era porque Deus ali o tinha colocado e que o mesmo daria forças para ela conseguir seus objetivos e seguir sempre em frente. E ela queria ser a convidada espacial de Deus para o banquete final e com certeza ela conseguiu essa graça.