“ Procurarei o perfeito despojamento interior, sendo desapegada de qualquer consolação espiritual, para viver crucificada com meu Esposo despido e abandonado sobre a cruz”

“ Procurarei o perfeito despojamento interior, sendo desapegada de qualquer consolação espiritual, para viver crucificada com meu Esposo despido e abandonado sobre a cruz”

Evangelho – Jo 3,13-17

Ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu: o Filho do homem. Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do homem seja levantado, a fim de que todo aquele que crê tenha por meio dele a vida eterna”.

“Com efeito, Deus tanto amou o mundo que lhe deu seu Filho unigênito, para que não morra quem nele crê, mas tenha a vida eterna. Pois Deus não mandou seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que por meio dele o mundo seja salvo.

Beata Catarina Troiani entregou sua vida à Deus se tornando esposa do Cristo nu crucificado por acreditar fielmente que a vida eterna só poderia vir através Dele. E que o amor de Deus era o que precisava para ter uma vida digna e merecer um dia o Reino de Deus. Por isso mesmo ela orava e comungava todos os dias se colocando a disposição de Deus e soube esperar a resposta e dizer sim ao chamado quando sentiu que tinha uma missão além-mar e mesmo assim esperou pacientemente a hora de Deus que não era a sua.

 

X