“Que nosso glorioso Pai São Francisco interceda junto ao Altíssimo, por todas nós, suas indignas filhas, para que possamos gozar eternamente com Ele no paraíso”!

“Que nosso glorioso Pai São Francisco interceda junto ao Altíssimo, por todas nós, suas indignas filhas, para que possamos gozar eternamente com Ele no paraíso”!

Evangelho – Mc 3,1-6

Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. Jesus disse ao homem da mão seca: ‘Levanta-te e fica aqui no meio!’ E perguntou-lhes: ‘É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?’ Mas eles nada disseram. Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: ‘Estende a mão.’ Ele a estendeu e a mão ficou curada. Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

Beata Catarina Troiani reconhecia que Jesus veio para modificar algumas das leis que foram criada na época apenas por causa da dureza do coração do povo. Mas que nunca existiria algo proibindo de se fazer o bem, de se levar amor e paz, de se espalhar caridade e solidariedade, pois isso Deus quer que façamos cotidianamente. É infinito o amor de Deus para conosco, porém nossa fé ainda deixa a desejar, e Beata Catarina nos deu esse exemplo de fé, de amor, de perseverança, de humildade e de sabedoria para que pudéssemos entender que devemos ser exemplos de paz e bem por onde quer que andemos.