“Uma entrega total e confiante a Deus e à Sua Amabilíssima Vontade em qualquer circunstância, uma fé e uma esperança a toda prova, apoiadas em Jesus Cristo pobre e humilde.”

 “Uma entrega total e confiante a Deus e à Sua Amabilíssima Vontade em qualquer circunstância, uma fé e uma esperança a toda prova, apoiadas em Jesus Cristo pobre e humilde.”

“Partindo de lá, Jesus chegou à beira do mar da Galileia. Subiu a um monte e lá sentou-se. Aproximaram-se dele imensas multidões, trazendo coxos, cegos, aleijados, mudos e muitos outros e os puseram aos pés de Jesus, e ele os curou. A multidão ficava admirada ao ver que os mudos falavam, os aleijados ficavam sãos, os coxos caminhavam e os cegos viam; e davam glória ao Deus de Israel.

Jesus chamou os discípulos e lhes disse: “Tenho pena desta multidão, pois faz três dias que está comigo e não tem o que comer. Não quero mandá-los para casa em jejum, para não acontecer que desmaiem pelo caminho”. Os discípulos perguntaram-lhe: “Onde poderemos conseguir, nesse deserto, pão suficiente para alimentar esta multidão?” Jesus indagou: “Quantos pães tendes?” Responderam: “Sete, e alguns peixinhos”. Ele mandou a multidão sentar-se no chão. Depois, tomou os sete pães e os peixes, deu graças a Deus, partiu-os e ia dando-os aos discípulos, que os distribuíam à multidão. Todos comeram e ficaram saciados, e com os pedaços que sobraram encheram sete cestos.”

Beata Catarina Troiani sabia que Cristo jamais deixaria sem resposta ou desamparado alguém que tem fome e sede do seu amor, pois o que primeiramente motiva Jesus a agir é a compaixão com os que sofrem, e isso nos mostra um aspecto muito importante da sua missão, que é a solidariedade com os mais pobres e necessitados. Beata Catarina Troiani viveu uma vida dedicada aos pobres e necessitados, mostrando também a todos nós que devemos estar atentos às necessidades dos nossos irmãos que sofrem. Ela jamais fechou os olhos ao irmão que sofria e sua prioridade era as crianças, pois elas eram mais indefesas e necessitavam de maior apoio e consolo.